CRÍTICA | Era Uma Vez Um Deadpool

Não é a maior experiência que você vai ver nos cinemas, ainda mais se você já viu “Deadpool 2”.

Deadpool 2″ está de volta aos cinemas em sua versão conto de fadas. Para dar o ponta pé inicial da temporada de férias, o público de quase todas as idades poderá desfrutar o Mercenário Tagarela repaginado através do prisma da inocência infantil.

“Era Uma Vez Um Deadpool” é de fato filme “Deadpool 2” apenas com cenas editadas, nos momentos considerados mais pesados, sem sangue e palavrões. O filme até brinca com esse ato, de certa forma é engraçado colocar o apito de censura nesses momentos.

As piadas feitas por Wade enquanto conta a história são muito bem feitas e os assuntos são dos melhores.

Eu diria que o filme em si é mais engraçado que sua versão original.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑