Apostando em uma nova geração: Marvel Rising

A Marvel Studios está investindo cada vez mais em animações para os canais da Disney. Em 2018 começaram a apostar na nova geração de heróis que fazem sucesso nos quadrinhos há bastante tempo. O resultado é uma nova franquia cheia de diversidade, novas histórias e um universo repleto de futuras possibilidades.

Em 30 de setembro de 2018 foi lançado o longa ‘Marvel Rising: Secret Warriors’, distribuído pelo Disney Channel e produzido pela Marvel Animation, derivado do universo Marvel Comics e precedido das séries ‘Marvel Rising: Initiation’ e ‘Marvel Rising: Chasing Ghosts”.O trabalho é bem característico da direção de Alfred Gimeno e co-produção da editora Sana Amanat (que trabalha nas histórias em quadrinhos de Ms. Marvel e Capitã Marvel). O elenco que dá voz aos personagens conta com estrelas do mundo teen, entre eles o ator Tyler Posey.

 

O grupo que representa o futuro da Marvel

Secret Warriors é uma iniciativa que de cara as pessoas conseguem identificar como um grupo promissor apesar de os heróis serem apresentados individualmente e se encontrarem no meio do caminho de formas pouco convencionais com um pouco de ego misturado.

As séries e o filme trabalham de forma bem didática a trajetória desses adolescentes mostrando seu outro lado e pelo o quê lutam. Ainda que sejam muito novos já carregam a resiliência que todo bom herói da Marvel possui, dessa forma vão aprendendo a lidar com seus poderes e a medir as consequências de suas ações e seus comportamentos perante às situações familiares, amigas e mundanas. É possível dizer que cada um deles têm um espírito de liderança à sua forma, aplicado em momentos certos.

São explorados temas e recursos que ilustram o tempo em que vivem, como por exemplo o uso do aplicativo de vigilância no celular dos personagens. E justamente por ser uma geração muito jovem (ainda mais se fizermos as contas em comparação aos eventos do MCU), eles se inspiram e alguns já foram treinados por antigos heróis: Capitão América e Capitã Marvel, que se torna, inclusive, a grande responsável por uni-los oficialmente em uma iniciativa e tem parte de seu universo compartilhado.

 

A promessa de uma Marvel mais diversa

A Marvel deu um boom no assunto diversidade depois de ‘Marvel Rising’. O grupo é composto em sua maioria por meninas fortes e empoderadas, junto delas vem a representatividade da questão estética: cada uma tem a sua forma e se sentem poderosas do jeito que são. No mundo atual é muito importante que esse discurso seja passado para as jovens meninas crescerem se aceitando mais; e a representação LGBT+ (America Chavez tinha duas mães e também se relaciona com meninas nos quadrinhos), sem dúvidas um assunto que precisa ser debatido no mundo dos heróis antigos e atuais.

 

A Marvel Animation continua trabalhando na continuação da animação incluindo mais personagens e mais diversidade para os pequenos e grandes fãs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑