CRÍTICA | Casal Improvável

‘Casal Improvável’ é uma comédia romântica bem construída, com um bom início, ótimo meio e excelente fim. Divertido na medida certa e apresenta todas as características que fazem um filme desse gênero ter sucesso, além dos discursos sociais presentes no roteiro serem trabalhados de forma leve e importante ao mesmo tempo.

Adaptar um texto que fala sobre a autonomia feminina, o espírito livre das pessoas e diferenças de posicionamento demanda cuidado. Até mesmo gestos poderiam levar essa tentativa ao fracasso, mas o trabalho de toda a equipe foi surpreendente. Seth Rogen caiu como uma luva no papel de Fred Flarsky, um jornalista espírito livre, questionador, íntegro e simples. A reprodução da admiração por Charlotte Field (Charlize Theron) passa um sentimento de conforto muito grande, é perceptível a intenção dele com a personagem a todo momento e isso possibilita uma boa comunicação com o público.

Charlize passa elegância, inteligência, democracia e todo o sentimento de Charlotte, uma mulher que ocupa o cargo de Secretária dos Estados Unidos com sucesso e é fonte de inspiração para diversas pessoas ao redor do mundo. Entretanto, é uma pessoa sensível, que não tem medo de ser feliz e tem uma intuição aguçada. Não é ela quem dá match com Fred, é ele quem dá com ela, por tanto suporte e tanto amor.

A trama mostra uma mulher em transição para candidatura da presidência dos Estado Unidos, fazendo bom jogo político e lidando de maneira suave e bem estruturada com todos os acontecimentos. Os diálogos entre personagens são compostos por simples sentenças que se comunicam perfeitamente com quem está assistindo. É bom de ver como eles lidaram bem ao colocar um cara que no final se apresenta como o primeiro-cavalheiro dos Estados Unidos e tem tanto orgulho disso.

A direção de Jonathan Levine tem um bom posicionamento de câmeras, boa fotografia e as luzes estão na medida certa, não incomoda a experiência cinematográfica. A edição tem poucos problemas com cortes de cenas precipitados ou má preparação audiovisual. além da trilha sonora que além de ter um volume adequado entra nos momentos certos. É um filme para ser adicionado na lista.

 

‘Casal Improvável’ estreia dia 20 de maio nos cinemas.

 

NOTA: 8,5

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑