O segundo dia de CCXP19, o maior festival de cultura pop do planeta, foi repleto de atrações para o público. Dentre os destaques do dia esteve o painel com a atriz Lana Parrilla, da série “Once Upon a Time”. Ovacionada pelos fãs, que fizeram um abaixo-assinado na internet pedindo sua participação no festival, Lana revelou ser uma apaixonada pelo universo geek, que sonha em ser a Mulher-Gato e joga vídeo game nas horas vagas. Ao longo de todo o dia, houve outros painéis com artistas internacionais, além de bate-papos com grandes nomes nacionais da cultura pop e sessões de autógrafos que agitaram os espaços do festival.

📸 Omelete / Reprodução

Conteúdos para toda a família na CCXP19

Com a estreia de “Star Wars: A Ascensão Skywalker” marcada para 19 de dezembro, a Disney, produtora da saga, investiu pesado na promoção do longa e trará neste sábado, 7, parte do elenco, além do diretor do filme, J. J. Abrams, e Kathleen Kennedy, presidente da Lucasfilm. Além disso, o espaço temático da saga chama atenção de quem passa. Nele, é possível tirar fotos com os personagens e até se tornar um Jedi, com treinamento feito na hora e direito a certificado ao final.

📸: Rafael Cusato/QUEM
📸: Iwi Onodera/OUL

Para o estudante universitário Matheus Assis, 20 anos, a CCXP19 está incrível. “Este espaço representa muito para mim. Acompanho Star Wars há anos e é muito bom viver isso aqui, de pertinho. Uma oportunidade ímpar”, declarou. Outra atração da Disney que atraiu o grande público foi Mulan. Muitos pais que acompanhavam seus filhos na imersão ao universo da animação elogiaram a atração.

📸: Iwi Onodera/UOL

A Warner trouxe ativações cheias de criatividade, como espaço para dança e até a reprodução do café Central Perk, da série “Friends”, que, em 2019, comemora 25 anos.

📸: Iwi Onodera/UOL
📸: Iwi Onodera/UOL
📸: Iwi Onodera/UOL

Segundo a estudante Leticia Nogueira, 22 anos, o espaço é fiel ao cenário mostrado na série. “Está perfeito! Me sinto dentro da história”. Já a área da Netflix traz para a CCXP19 o icônico motorhome de “Breaking Bad” para promover o filme derivado da série, “El Camino”.

📸: Mariana Pekin/ UOL

Outro sucesso da plataforma de streaming, a série “Stranger Things” está representada pelo cenário do shopping onde grande parte da aventura acontece na terceira temporada.

📸: Iwi Onodera/UOL

Também chama a atenção a área reservada para a Black Mirror Experience, que traz três atividades temáticas com interações tecnológicas baseadas em episódios da série.

As marcas presentes no festival também se apropriaram de conteúdos da cultura pop para estar ainda mais perto dos fãs. A Hering entrou no clima de Black Mirror e desenvolveu uma experiência interativa a partir de três episódios incônicos. Com os óculos de realidade virtual é possível entrar na produção “USS Callister”. Erick Carrachi, estudante de 19 anos de São Paulo, foi levado para uma viagem em uma nave espacial. “Achei muito divertido e parecia muito real. Recomendo a todos essa atração”, declarou. Já no estande da marca Havaianas, o público, além de participar de uma ação de VR, tem a possibilidade de adquirir lançamentos e também produtos desenvolvidos com exclusividade para a CCXP19, como uma Havaianas da Mulher-Maravilha com a nova armadura, a mini bag também da personagem com um pin exclusivo, e as sandálias temáticas de Star Wars, com um desenho da nave Millennium Falcon que brilha sob a luz negra. As sandálias de Frozen 2 também são novidades na CCXP19 e chegam em breve às lojas da rede.

Técnicas de arte reveladas

O Auditório Prime recebeu a masterclass de Mike Deodato, desenhista brasileiro que revolucionou a criação de personagens de histórias em quadrinhos e um dos primeiros brasileiros a ganhar projeção internacional. O artista paraibano foi ovacionado pelos fãs. Eder Lauro saiu de Videira (SC) para vir à CCXP e elogiou: “O Mike é um dos melhores artistas que temos. O trabalho dele em ‘Os Vingadores Sombrios’ foi um sucesso no mundo todo.” Já o espanhol Mikel Janín, artista exclusivo da DC Comics, subiu ao palco no painel seguinte para promover uma masterclass sobre o processo de criação das HQs do Batman.

Em seguida, o público ocupou o auditório para conversar com André Forastieri, Pablo Miyazawa, Odair Braz Júnior e Daniela Ianni, responsáveis pela “Revista Herói. Eles falaram sobre os bastidores da publicação que, neste ano, completaria 25 anos. Em seguida, a diretora e os protagonistas da série “Todxs Nós”, da HBO, subiram ao palco para um painel sobre a produção, e o público ainda pôde conferir um trailer exclusivo.

No final da tarde, Mike Deodato, Ivan Costa e Marcelo Maiolo apresentaram todo o processo de criação do pôster oficial da CCXP19. Logo em seguida, foi a vez da Social Comics, plataforma digital de quadrinhos, apresentar para o auditório as novidades da marca. Dentre elas estão a parceira com a Red Nose e o lançamento dos quadrinhos do jogador Neymar Jr.

Os coreanos Raehyoun Song e Chu Kwon, referências no mundo todo em Webtoon, fecharam a noite no Auditório Prime. Os artistas deram uma palestra sobre a técnica de cartoon online e responderam às perguntas do público.

Ídolos brasileiros da TV, da música e da internet agitam o Creators Stage

Talk shows com Otaviano Costa e Serginho Groisman e apresentação da banda Fresno marcaram o segundo dia do Creators Stage by Trigg. “Depois de tantos anos offline, me vi provocado pela atitude do Will Smith de iniciar uma transformação digital”, contou Otaviano sobre sua inspiração para começar seu canal. “O YouTube é a democracia do talento”, completou o ex-âncora do Vídeo Show. Ele conta ainda que as plataformas abrem oportunidades para os profissionais serem múltiplos: “não preciso sair da TV para investir no meu canal”, revelou. O apresentador do Altas Horas, Serginho Groisman, promoveu um bate-papo com a produção elenco do novo programa de humor da Globo, “Fora de Hora”. Com o conceito do “humor abraçar o jornalismo”, o programa é uma sátira aos telejornais e seguirá a mesma linha do “Tá no Ar” e “Zorra Total”.

João Pereira, designer gráfico de 24 anos, veio de Ribeirão Preto (SP), para curtir os quatro dias de CCXP e levou torta na cara de um de seus youtubers favoritos no Creators Stage by Trigg em uma brincadeira com Gabriel Dearo e Manuela Digilio, do canal Operação Cinema. “Esse festival está sendo épico mesmo”, conta o visitante. A banda Leela fez uma apresentação especial com lançamento da música “Comigo não, violão” e a sua música mais famosa, “Eu só quero brincar com você”. Os visitantes também conferiram uma live com o youtuber Gato Galáctico e a apresentação “Pela união dos seus poderes, eu sou a cultura pop”, do Tropkillaz.

A atração mais aguardada do dia foi o show e o meet and greet com a banda Fresno. A grande quantidade de fãs que aguardavam para conhecer os ídolos não nega o sucesso da banda. Com setlist repleto de clássicos, a banda encerrou a programação do Creators Stage.

Uma personagem diabolicamente querida

O Auditório Ultra recebeu a atriz Lesley-Ann Brandt para falar sobre a quinta e última temporada da série “Lucifer”, da Netflix.

📸: Omelete/Reprodução

A intérprete do demônio Mazikeen disse que se identifica em muitos pontos com sua personagem, dentre eles o físico e a personalidade forte. Mãe de um filho de dois anos que nasceu entre as temporadas da série, Brandt falou sobre maternidade, atacou dietas milagrosas e ressaltou a importância de se ter personagens femininas bem construídas. Ela destacou que sua melhor cena ainda está por vir e prometeu que o último episódio da série será incrível.

Carismática, Brandt agradeceu aos fãs que se uniram para salvar a série, cancelada pela Fox na terceira temporada e adquirida pela Netflix em seguida, e ressaltou como o estúdio ofereceu mais liberdade criativa. Fã de “Lucifer”, Juliany da Rosa Rodrigues foi a primeira a chegar no auditório. A psicóloga de 25 anos veio de Porto Alegre (RS) e chegou ainda de madrugada. “Ela é minha personagem favorita. Queria saber detalhes de bastidores e a opinião dela sobre vários pontos e foi incrível”, garantiu.

A editora Panini anunciou mais de 50 novos títulos em seu painel na CCXP19. Dentre os destaques apresentados estão HQs de “Strangers Things”, “Walking Dead”, “Rick and Morty” e “Superman: Ano Um”.

A trajetória de 20 anos do RPG brasileiro “Tormenta” foi revisitada pelos fundadores em meio a muita interação com o público. O título arrecadou quase R$ 2 milhões por meio de financiamento coletivo e expandiu e possibilitou o universo para a plataforma T20, com lançamento previsto para a CCXP 2020.

O ilustrador inglês Charlie Adlard comentou dez páginas icônicas de “The Walking Dead”. Ele falou sobre a opção de fazer obras em preto e branco e como isso reforçou a importância do vilão Negan, além do trabalho em conjunto com o criador da série, Robert Kirkman.

📸: Bruna Amendola/UOL

Adlard disse que o final da saga nos quadrinhos foi planejado com quatro anos de antecedência.

Como um grande contador de histórias, o quadrinista Neal Adams falou sobre as mudanças na indústria de quadrinhos ao longo dos anos. Ele comentou como foi trabalhar com grandes nomes, como Stan Lee e Jack Kirby. Com senso de humor, Adams admitiu que seu personagem favorito é o Batman e que sua história preferida foi, por muito tempo, a edição da luta entre Superman e Mohammed Ali.

Produtora do game “League of Legends”, a Riot Games falou em painel sobre o investimento que a marca tem realizado nos últimos anos em bandas virtuais. O produtor Beckett Snedeker-Short creditou o movimento como natural, uma vez que todos os fãs de jogos clássicos lembram das músicas. Isso explica a importância de investir neste nicho. Para o head Toa Dunn, o sucesso de bandas como K/DA, de K-Pop, e Pentakill, de heavy metal.

Para fechar o dia, os fãs de RPG puderam acompanhar pela primeira vez na CCXP uma aventura de D&D (Dungeons & Dragons) mestrada ao vivo em um auditório. Com interação da plateia, a novidade foi um sucesso.

Emoção à flor da pele no eSports

A Oi Game Arena abriu o dia recebendo o campeonato de eFootbal PES (Pro Evolution Soccer). O Mito Abdalla, representante da A2E – UFF, foi o campeão do PES no TUES ao derrotar Michel Santos, jogador da Estácio de Sá, por 2×1 em melhor de três partidas. Já na parte da tarde, atletas disputaram o campeonato de Counter-Strike. A USJT POLARIS enfrentou a UTFPR PB – Patos e os paranaenses venceram pelo placar de 2×0 na melhor de três. Pato Branco ganhou o Mapa Inferno por 16×9 e o Mapa Dust_2 por 16×8. É a segunda vez que a equipe vence no TUES (Torneio Universitário).

Fefo Sampaio, apresentador do TUES, falou sobre a experiência de estar acompanhando eSports na CCXP. “A gente gosta de mostrar que o eSports universitário deve existir e crescer e que temos pessoas de altíssimo nível competindo. Trazer nosso torneio para o maior festival ocidental é emocionante”.

Fechando o dia de disputas, um desafio de League of Legends contou com um amistoso entre influenciadores. Nomes como Mestre do K-Pop, Dioud, Takeshi, Daniels, Kyure e Thaiga marcaram presença no torneio.

Um dia estrelado no Auditório Cinemark XD

O segundo dia de painéis no Auditório Cinemark XD começou com a primeira exibição de Playmobil: O Filme. O diretor Lino DiSalvo levou os espectadores a uma viagem pelos processos de criação da produção, que mistura live action e animação, e participou de uma rodada de perguntas da plateia. E, o ponto alto do dia foi a chegada de Lana Parrilla, a Rainha Má/Regina Mills de “Once Upon a Time”. O público não poupou a voz quando a atriz subiu ao palco. A atriz se mostrou uma aficionada pelo universo geek, falando de um dos seus hobbies – o jogo Condemned no videogame – e revelou o desejo de interpretar a Mulher-Gato. Proclamada por Marcelo Forlani a Rainha da CCXP, a atriz tirou selfies com os celulares dos fãs e recebeu presentes entregues a ela no palco.

Já a Globoplay trouxe astros de suas principais estreias: Eu, a Vó e a Boi, Onde Está meu Coração e Desalma. Uma das partes mais marcantes das apresentações foi quando o ator Fábio Assunção, que estará na série Onde Está meu Coração – drama que fala sobre dependência química – relatou a emoção de fazer parte de um projeto que trata este assunto, presente em sua vida, por meio da dramaturgia e não invasão de sua privacidade.

O painel do MSPverso apresentou as novidades da Mauricio de Sousa Produções para 2020. Serão quatro novas graphic novels (sendo três continuações e uma inédita), múltiplos projetos digitais, audiovisuais e diversas grandes produções. O sucesso de “Turma da Monica: Laços” foi tão grande, que a continuação começa a ser gravada já em janeiro. “Turma da Mônica: Lições” tem estreia prevista para dezembro de 2020, como confirmaram os atores-mirins do elenco. A grande novidade apresentada com ares de spoilers foi a produção de uma série live action de “Jeremias”, a graphic novel vencedora do prêmio Jabuti 2019.

O Cartoon Network trouxe Owen Dennis para falar da sua nova série, “Trem Infinito”. Com diversos fãs na plateia, que acompanharam o piloto postado na internet, Dennis disse que a produção só foi possível porque os espectadores do primeiro episódio o fizeram acontecer.

Com nomes relevantes do mercado, a Amazon trouxe para seu painel do Amazon Prime Video os protagonistas das séries “Dom”, “The Expanse”, “Star Trek: Picard” – com direito a mensagem de Sir Patrick Stewart, que não pode comparecer – e o hit The Boy”s. Foi apresentado também “Soltos em Floripa”, um novo tipo de reality show que mostra famosos como Pabllo Vittar e John Drops comentando o semiconfinamento de pessoas comuns em um programa. A última surpresa da noite ficou por conta de Daniel Alves, capitão da conquista da Copa América 2019, apresentando a série “Tudo ou Nada”, com os bastidores do torneio continental.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s