Séries

“What If…?” | “O Que Aconteceria Se… Killmonger Tivesse Resgatado Tony Stark?” – Impressões  

Sexto episódio de “What If…” é uma experiência incompleta, acabando em seu melhor momento. No entanto, de maneira inesperada, funciona como uma pré-despedida ao T’Challa e nos permite pensar em uma realidade sem o nosso Pantera Negra.

O Vigia (Jeffrey Wright) conta no episódio a história de uma realidade diferente, onde o salvamento de um homem causa a morte de um herói. Tony Stark (com voz de Mick Wingert) não é capturado pelos Dez Anéis, sendo resgatado por Killmonger (Michael B. Jordan), entretanto, isso causa a não existência do Homem de Ferro, já que Stark não vive os terríveis momentos que o forjam como um herói.

Photo: Marvel Studios’ WHAT IF…? exclusively on Disney+. ©Marvel Studios 2021. All Rights Reserved.

A partir desse ponto de divergência, vemos que tudo que acontece no universo muda, já que nossos melhores e piores momentos constroem quem nós somos. Tony nunca ascendeu como um herói e nunca aprendeu com seus erros e viu sua vida ir abaixo por suas próprias armas, assim, não se torna humilde e nem atento ao redor, sendo manipulável o suficiente para seguir o plano de Killmonger e viver as consequências disso.

Killmonger (Michael B. Jordan) é o protagonista desse episódio, ele elabora um plano bem arquitetado para chegar aos fins que sempre almejou, demonstrando sua face de vilão e se perdendo em seus discursos, já que apesar de em uma primeira leitura o personagem levantar problemáticas sociais de importante observações, por outro lado ele é hipócrita, que trai seus iguais e usa os mesmos meios que ele critica.

(Center): Killmonger in Marvel Studios’ WHAT IF…? exclusively on Disney+. ©Marvel Studios 2021. All Rights Reserved.

Com a morte do ator Chadwick Boseman em 2020, muito se especulou sobre qual personagem poderia assumir o manto de “Pantera Negra”, enquanto em imediata resposta alguns fãs responderam “Shuri”, outros falaram e defenderam a possibilidade de ser “Killmonger”. Esse episódio, mesmo se passando em uma realidade alternativa, demonstra que Killmonger nunca poderia se tornar o herói, ele não tem a filosofia, lealdade e honestidade de um “Pantera Negra”. “Shuri”, entretanto, brilha! A genialidade da menina, aliada ao coração ligado aos ideais de Wakanda e sempre atenta aos detalhes à sua volta a colocam num verdadeiro potencial de liderança que honrará o legado de T’Challa.

O episódio acaba em um grande momento, gerando um sentimento de “inacabado”, que poderíamos ter visto ainda mais coisas, o que talvez possa se concretizar em uma sequência na próxima temporada ou, mesmo que não tenha outro episódio, serve como um gostinho na boca de quem assistirá o universo principal da Marvel, porque “O Que Aconteceria Se… Killmonger Tivesse Resgatado Tony Stark?” é quase uma pré-despedida ao personagem de Boseman, que nos fez refletir sobre a transmissão de seu legado e ansiar em ver “Shuri” honrar o irmão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s